Categoria: Meditação

Hatha Yoga Integrativo

 

ZenMind

 

O HATHA YOGA INTEGRATIVO possui uma visão holística e terapêutica da prática, utilizando as principais ferramentas do Yoga (mudras, mantras, asanas, consciência corporal, respiração, relaxamento e meditação), criando uma experiência completa. Estas ferramentas são veículos de integração e revelação do ser mais profundo que existe em cada um.

 

Desta maneira, o Yoga Integrativo facilita o aprimoramento do aluno, trazendo a consciência de que a finalidade do Yoga é sempre o reconhecimento do ser real, na sala de aula e fora dela. Os alunos integram, de forma natural, o conteúdo filosófico às suas vidas cotidianas, expandindo as fronteiras da visão do Yoga para além da sala de prática, possibilitando a dissolução de padrões limitantes e restritivos ao nível de corpo, mente e espírito. A harmonia consigo mesmo, como os outros e com o ambiente ao seu redor será uma constante.

 

FERRAMENTAS DO YOGA INTEGRATIVO:

  • Mudras (gestos com as mãos): são simbólicos, magnéticos e reflexológicos para cultivar qualidades especiais, tais como auto-estima, segurança, confiança, determinação, fluidez, dentre outras;
  • Mantras: vocalização de sons e ultra sons para desenvolver a concentração e favorecer a energização e a limpeza sutil;
  • Kriyá: limpeza e purificação interna;
  • Pranayama: Consciência respiratória/técnicas de respirações yóguicas que visa o auto domínio, conscientização da bioenergia para o desenvolvimento do equilíbrio;
  • Movimentos Somáticos Integrativos e aquecimentos de articulações: seqüências preparativas para a prática das posturas de Yoga:
  • Asanas: posturas de Yoga que são exercícios psicofísicos que gera tonus e flexibilidade. Pode ser em sequência, encadeados, em permanência ,  em dupla, em grupo, com acessórios (blocos, almofadas, faixas, parede);
  • Yoga Nidra: desconcentração e relaxamento profundo e consciente;
  • Meditação guiada para expansao da consciência.

 

BENEFÍCIOS:

 

Corpo

Alinhamento postural, alongamento muscular, flexibiliza articulações, fortalecimento muscular, tendões, ossos e melhora da circulação, rejuvenecimento.

Combate dores nas costas, artrite, artrosis, osteoporose, fibromialgia, dores por esforco repetitivo, hipertensão, colesterol, diabetes.

 

Respiração

Reeducação respiratória, aumenta capacidade pulmonar, desintoxica e nutre as celulas.

Combate a asma, rinite, sinusite.

 

Emoções

Aumento do humor, alegria, disposicao, relaxamento, bem-estar geral e socialização,

Combate tristeza e desânimo, tensões

 

Mental

Aumenta o equilíbrio, a quietude da mente, a concentração, o foco, criatividade.

Combate stress, ansiedade, insônia e depressão.

Zen Mind Yoga – Meditation & Therapies
Soraya Diniz Farah – (61) 95174821
zenmind@ecomind.center

10929950_837696966267565_6707117128200007158_n

Continue Reading

SUP YOGA no lago com a Prof. Ceres Mussel

Evento bacana para sábado!! Começando o ano muito bem!!

Praticar Yoga é maravilhoso! E se for em contato com a natureza e ainda sobre as águas é ainda melhor!!! Amo demais!!

Além do equilíbrio intenso, os praticantes trabalham a concentração, coordenação, resistência e a tonificação muscular. Tudo isso com uma sensação de relaxamento e uma experiência meditativa que nascem deste contato profundo com a natureza.

 10934617_866726800059892_1105222783_n

O SUP YOGA – Stand Up Paddle Yoga é uma modalidade em que os movimentos da yoga são adaptados e executados em cima de uma grande prancha na água. Virou febre nos Estados Unidos e Caribe, obviamente vem conquistando nossos corações tropicais. Principalmente no Rio de Janeiro.

As pranchas usadas de Standup têm por volta de três metros de comprimento e foram primeiro usadas por surfistas no Havaí, na década de 40, quando a prática nasceu como esporte. Usa-se remos para ajudar a deslizar na água.

A prática de Yoga foi então adaptada a esta modalidade de prancha e praticada sobre as águas mais calmas. As posturas são as mesmas usadas no mat (tapetinho de yoga). No entanto, exige muito mais concentração, equilíbrio, coordenação e esforço físico.

A musculatura do corpo é ativada mais intensamente devido à superfície irregular que é oferecida durante todo o tempo de prática. Nesse caso, o centro de força (core) e o abdomen agradecem. Por esse motivo, a Standup Yoga requer uma qualidade diferente de concentração – não somente na execução das posturas, mas como na transição entre elas.

Além disso, é um tipo de Yoga que ensina que cair faz parte do processo.

Sobre a água, praticamos especialmente o desapego, tão sugerido pela filosofia yogi. De nada adianta querer controlar ou fazer tudo perfeitamente, pois estamos suscetíveis às correntes e cair faz parte deste processo.

Nos centros de yoga temos em mente a perfeição na realização do asana, acabamos por esquecer o quão divertido é o yoga. O SUP nos faz lembrar de que nada é tão sério!.

Por isso, antes de entrar na água, se conecte com os elementos da natureza e assuma que a possibilidade de cair pode ser divertida. O espírito é justamente não ser sério. OUTRA DICA, vale a pena deitar sobre pranchão, absorver a energia do sol, dar boas remadas e sentir o som das águas e a brisa trazendo muita inspiração e bem-estar.

Além de desenvolvem auto-confiança, auto-estima e consciência corporal os praticantes têm uma ótima oportunidade para meditar junto com o balanço d’água! Se tornando rapidamente uma nova prática para se obter uma boa condição física e espiritual.

 

Nos próximos dias 24 e 25 de Janeiro.

Facilitadora: RosÉllis Moraes – Nutricionista
Data: 24/01 das 9h às 12h no Restaurante Girassol – 409 sul
25/01 das 10h até 16h no Espaço Jardim de Gaia, que fica no Setor Tororó a 30km do Girassol. Saída do Restaurante Girassol às 9h.
Investimento: R$ 315,00
Inscrições:

Parceria:

Ecomind Events

 

Soraya Diniz Farah

Facebook: Eco Mind Events
Instagram: zenmind_ecomind
Email: info@ecomind.center

Blog:www.ecomind.center
Cel: 61-95174821

 

Continue Reading

Novo espaço de Yoga e Meditação em Brasília!

1969257_341485979355888_3950533766552280781_nDhanvantari Ayurveda e Yoga

“Que todos os seres possam se beneficiar”

Modalidades de Yoga: Hatha, Integral, Integrativo, Vinyasa, Asthanga, Power, Restaurativo, Laya, Melhor idade, Gestantes e Crianças. Meditação Vipassana, Meditação sem Esforço (para iniciantes também).

Continue Reading

Viagem para Osho Lua na Chapada dos Veadeiros


Flyer Osho Lua

 

Prepare os seus sentidos para conhecer esse lugar mágico que fica perto de Alto Paraíso/GO, o qual é o berço de uma natureza impressionante, repleta de muita energia telúrica. Localizado entre dois paredões com cerca de 700 metros de altura cada, o vale é cortado pelo límpido Rio dos Couros.
O visual incrível permeado pelas veredas e matas selvagens do cerrado, será palco para a curtição de altas trilhas, passeios de bike, banhos e lazer nas prainhas do Rio dos Couros, na sauna à lenha (comporta 20 pessoas ao lado da prainha) e atividades em um zendo (salão) para yoga, danças, trocas de massagens e o que mais pintar…
Até banho de chuva para lavar a alma e encher o corpo de energia prânica pode rolar! E não se preocupe, inexiste o risco de tromba d’água, porque o rio é bem largo. E é claro que não pode faltar o luau em volta da fogueira com boa música, ótimas companhias cercadas por positivas vibrações.
A comida é natural e deliciosa. Uma das meninas do staff estagiou com um famoso chef, por isso comeremos muitíssimo bem. Os pratos e molhos impressionam pela sofisticação.

Vejam o vídeo.

Veja as fotos no evento do facebook e se gostar dá uma curtida!

As acomodações não deixam nada a desejar às melhores pousadas da chapada. O local é rústico.
Transporte: solidário. Quem tem carro leva quem não possui e os gastos são compartilhados.
Reservas e Informações:

Nos próximos dias 24 e 25 de Janeiro.

Facilitadora: RosÉllis Moraes – Nutricionista
Data: 24/01 das 9h às 12h no Restaurante Girassol – 409 sul
25/01 das 10h até 16h no Espaço Jardim de Gaia, que fica no Setor Tororó a 30km do Girassol. Saída do Restaurante Girassol às 9h.
Investimento: R$ 315,00
Inscrições:

Ecomind Events

 

Soraya Diniz Farah

Facebook: Eco Mind Events
Instagram: zenmind_ecomind
Email: info@ecomind.center

Blog:www.ecomind.center
Cel: 61-95174821

Continue Reading

Lançamento do Livro “Conversas com um yogue urbano”

Gente, convido vocês para o lançamento do livro de um amigo Thadeu Martins.
“Conversas com um yogue urbano”
30 de novembro, domingo, das 13 às 17h, no Centro de Visitantes do Jardim Botânico (na sede do Jardim Botânico, ao lado do Café).

capa_livro

 

Quem pensa que é impossível meditar, praticar yoga e manter um prazeroso equilíbrio mental em meio ao estresse das grandes cidades, encontrará neste livro boas razões para mudar de ideia e também para mudar de hábitos.

O livro reúne a transcrição de cem breves palestras de Thadeu Martins, num tom descontraído de conversas pessoais que revelam preciosos ensinamentos.

ENTREVISTA com Tadeu Martins

Uma flor de paz no asfalto

Cada um pode ser um lago de serenidade em meio à agitação da cidade, garante o iogue Thadeu Martins

 

Zuleika de Souza/CB/D.A Press

Thadeu Martins é uma pessoa alegre. Com fala calma, articulada e sempre com um sorriso largo, ele explica que o segredo dessa tal felicidade é a ioga. Martins dá aulas de ioga todos os sábados, das 9h30 às 11h30, no Jardim Botânico. Mas não é uma ioga comum. Com exercícios e palestras bem-humorados, ele ensina os alunos a interiorizar o iogue urbano: um indivíduo capaz de harmonizar compromissos e a vida corrida na cidade com as práticas de meditação. Ele ensina a técnica desde 1983. Cada aula começa com uma conversa sobre os fundamentos da prática. “As palestras são para trazer as pessoas para os conceitos e para a filosofia, para os alunos não acharem que faremos só ginástica”, explica. “A gente até vai (fazer ginástica), mas eles precisam entender o porquê.” Em 2004, as palestras começaram a ser gravadas pelo jornalista e aluno de Thadeu Martins, Ricardo Borges. A compilação virou o recém-lançado livro Conversas com um yogue urbano (edição do autor). No sumário, 100 capítulos curtíssimos que servem como pílulas de ioga.

O que seria um iogue urbano?
Você é uma pessoa em meio à correria da cidade, mas é um indvíduo capaz de ser quem ele é, respirar, se comportar. Tem luz própria, como cada pessoa.

Como começou sua história com a ioga?
Comecei a praticar em 1968. Levava uma vida normal, estudava engenharia. Era uma época muito conturbada no Brasil. Eu participava do movimento estudantil, era tesoureiro do grêmio acadêmico… Não dá para viver só aquela intensidade. Eu me recolhia na prática da ioga para conseguir manter a paz e a tranquilidade. À medida que eu fui harmonizando estudar, trabalhar e praticar ioga, aquilo foi fazendo parte da minha vida. Em 1980, resolvi estudar de verdade (a ioga). Meu professor morreu, então, em homenagem a ele, resolvi estudar toda a biografia que ele indicava. Virei importador de livros, abri uma livraria no Rio de Janeiro, perto do Mercado das Flores.

Isso tudo aconteceu no Rio de Janeiro?
Sim, eu morava lá. Sou carioca, nascido e criado em Botafogo. Comecei a importar os livros e descobri que o The Yoga Institute, onde meu professor estudava, em Mumbai, tinha os livros. Comecei a estudar toda a biografia do mestre que fundou esse instituto. Em 1983, eu me mandei para a Índia porque não tinha mais o que estudar aqui. Fiquei como residente desse instituto.

Existe alguma diferença entre a “ioga urbana” e a tradicional?
A ênfase não é de ginástica. Os exercícios são os mesmos que se praticam em todos os locais em que a ioga é praticada, mas é um modo de viver. Cada exercício está associado a uma atitude.

Então a pessoa pratica o exercício pensando em uma atitude específica?
Isso, mentalizando aquela atitude. Ioga é atitude. Quando você, por exemplo, faz um exercício em que fica na posição vertical, olhando para um objeto bem distante e percebe tudo que está ao seu redor, já tomou a primeira atitude: perceber onde você está. Perceber em que ordem do mundo você está inserido.

Quais são outras atitudes importantes na ioga?
A mais importante de todas é ser quem você é. O que não é fácil, porque no dia a dia temos que exercer muitos personagens. De repente, vai que a pessoa se identifica tanto com o personagem que deixa de ser quem ela realmente é. Passa a ser o cobrador do ônibus, o professor da escola, o motorista de táxi… Mas ninguém é só mãe, pai, filho. É alguém que nem precisaria ter nome, mas que sente, esse é o segredo. É preciso se perceber, porque, se isso não acontece, você pode estar fazendo algo que está te fazendo mal. É como casamento errado: aquilo vai se esticando, as duas pessoas estão sofrendo, e para quê? Desapegar, que é a capacidade de aprender coisas novas, ver a realidade como ela é, sem estar tão preso aos próprios preconceitos e história. A última é a autoconfiança, que é ser capaz de agir. Essas são as quatro atitudes. Isso tudo para apoiar o ser que se é.

Quais são as principais dificuldades do indivíduo urbano em praticar a ioga e a meditação?
Não percebo dificuldades só nos meus alunos, mas em mim também. Na verdade, percebo em muitas pessoas (risos). Somos muito voltados para fora, então, estamos quase que o tempo todo fora de nós. Dedicamos muita atenção às solicitações que nos fazem, aos papéis que a gente exerce. Desde pequeno, na hora que você nasce, já está no mundo da produção. Você tem que fazer, comprar, vender… Tem que estar sempre agindo, agindo, agindo. Raramente, a pessoa tem a oportunidade de parar. E de aceitar que é razoável parar de agir.

Vídeo : https://www.youtube.com/watch?v=mHl9ti6s-Hw#t=15

Se quiser adquirir o livro, entre em contato:

 

Ecomind Events

 

Soraya Diniz Farah

Facebook: Eco Mind Events
Instagram: zenmind_ecomind
Email: info@ecomind.center

Blog:www.ecomind.center
Cel: 61-95174821

 

Continue Reading